Usa Flag / English Version Bandeira do Brasil / Versão em Português
CURRENT MOON
Lua atual
GRIMALDI - a grande e destacada cratera de piso escuro.
(créditos: Vaz Tolentino.)

Informações sobre a Foto

GRIMALDI - a grande e destacada cratera de piso escuro.

(créditos: Vaz Tolentino.)

Cratera GRIMALDI:

Diâmetro: 230 km.

Profundidade: 2,7 km.

Coordenadas Selenográficas: LAT: 05° 12′ 00″ S, LON: 68° 36′ 00″ W.

Período Geológico Lunar: Pré-Nectárico (Pré-Nectarian): 4,533 bilhões (o tempo da formação inicial da Lua) até 3,92 bilhões de anos atrás.

Melhor período para observação: 6 dias após o quarto-crescente ou 5 dias após o quarto-minguante.

Quem foi GRIMALDI? Francesco Maria Grimaldi (1618 – 1663), foi um padre jesuíta, matemático e físico italiano, professor do Colégio Jesuíta de Bolonha. Grimaldi juntamente com Riccioli criaram mapas da Lua no séc. XVII e esquematizaram nomes para as formações lunares que serviram de base para a nomenclatura que usamos hoje.

ImagemA Cratera GRIMALDI fotografada em voo orbital pela sonda lunar LRO da NASA e o perfil W - E da Cratera GRIMALDI (NASA / LRO QuickMap).

As regiões dos limbos da Lua oferecem um desafio para o observador, porque todos os detalhes são distorcidos por encurtamento. A grande, escura e destacada cratera GRIMALDI localiza-se próxima do limbo lunar oeste. Por causa disso, sua forma real que é circular, apresenta-se como elíptica a partir do nosso ponto de vista da Terra.

A grande cratera GRIMALDI, com seus 230 quilômetros de diâmetro inundados por lava escura é, na verdade, o anel interno de uma larga bacia de dois anéis, conhecida como Bacia GRIMALDI ou GRIMALDO Basin, cujo anel externo, com cerca de 430 Km de diâmetro, encontra-se desgastado. A cratera GRIMALDI é uma formação relativamente antiga (cerca de 4 bilhões de anos)  e sua degradação foi acelerada por material ejetado no impacto que criou a enorme bacia do Mare ORIENTALE

A grande cratera GRIMALDI também é classificada como planície murada (transição entre cratera e bacia). O piso interno de GRIMALDI, que é a sua característica mais notável, tem baixo albedo, superfície plana e relativamente suave, apresentando algumas formações de origem vulcânica (domos). Esse piso escuro (talvez o mais escuro de todas as grandes crateras ou bacias) destaca-se muito da superfície externa circundante, que é bastante clara (alto albedo), o que facilita sua localização, sendo referência na borda oeste lunar, a sudoeste do Oceanus PROCELLARUM.

As paredes internas de GRIMALDI foram muito desgastadas e corroídas por impactos subsequentes, que formaram um anel irregular de colinas, cristas e picos que chegam a atingir em certos pontos, até quase 3,5 Km acima do piso interno.

Quando a sonda americana Lunar Orbiter orbitou por sobre GRIMALDI, ela detectou a existência de um excessivo campo gravitacional (anomalia gravitacional ou MASCON – Mass Concentration), talvez causado pelo grande acúmulo de lava inerte no centro da bacia. Outra possível explicação, seria o afloramento de material do manto, por debaixo da cratera e para próximo da superfície, causado pela compressão e repentina liberação de pressão logo após ao grande impacto que formou a bacia. GRIMALDI é a menor cratera ou bacia que possui MASCON.

Existem relatos da ocorrência de TLP (Transient Lunar Phenomena) na cratera GRIMALDI, incluindo flashes de luzes ocasionais, manchas coloridas e áreas de visibilidade nebulosa.

FotoA grande e destacada cratera GRIMALDI, próxima do limbo oeste lunar, com seus 230 Km de diâmetro, que na verdade é o anel interno de uma grande bacia de impacto, conhecida como Bacia GRIMALDI, cujo anel externo tem cerca de 430 Km de diâmetro. Foto executada por VTOL em 03‎ de ‎junho‎ de ‎2012, ‏‎01:41:14.

Foto executada com apenas 1 frame em 12‎ de ‎maio‎ de ‎2014, ‏‎21:42:10 (00:42:10 UT).

Foto executada com apenas 1 frame em ‎22‎ de ‎outubro‎ de ‎2018, ‏‎22:19:12 (01:19:12 UT).

Apollo_11_landing_s%e2%81%abite

Reveja a bela imagem do local de ...
Reveja a bela imagem do local de alunissagem da missão APOLLO 11, feita pela sonda lunar americana LRO.
A Câmera da sonda lunar robótica americana Lunar Reconnaissance Orbiter (LRO) tirou seu melhor visual do local de pouso da APOLLO 11 na Lua. A imagem, que foi lançada em 7 de março de 2012, mostra até mesmo os ... Leia mais

A Câmera da sonda lunar robótica americana Lunar Reconnaissance Orbiter (LRO) tirou ... Leia mais
16/02/2019
Opportunity

Opportunity está inoperante após ...
Opportunity está inoperante após 15 anos de atuação recorde em Marte.
Opportunity, o veículo explorador robótico ("rover") da NASA, que pousou em Marte em 25 de janeiro de 2014, está inoperante após 15 anos de atuação recorde no planeta vermelho. Uma das grandes ... Leia mais

Opportunity, o veículo explorador robótico ("rover") da NASA, que pousou em ... Leia mais
13/02/2019
So2

O asteroide (48) Doris em 2019 - ...
O asteroide (48) Doris em 2019 - Blog Sky & Observers!
Caros(as) amigos(as)! O asteroide (48) Doris em 2019! O asteroide (48) Doris em 2019! Um grande e fraterno abraço, Antônio Campos arcampos_0911@yahoo.com.br Visite: http://sky-observers.blogspot.com.br/ ... Leia mais

Caros(as) amigos(as)! O asteroide (48) Doris em 2019! O asteroide (48) Doris em ... Leia mais
03/02/2019