Usa Flag / English Version Bandeira do Brasil / Versão em Português
CURRENT MOON
Lua atual

Sobre Nebulosas

 

NEBULOSAS são nuvens de gás e poeira, geralmente encontradas nos braços espirais de uma galáxia.

As nebulosas são nuvens de hidrogênio, plasma (gás ionizado) e poeira. São constantemente regiões de formação estelar (berçário de estrelas).

 

Tipos de Nebulosas

- Nebulosas Difusas ou de Emissão;

- Nebulosas Escuras ou de Absorção;

- Nebulosas de Reflexão;

- Nebulosas Planetárias;

 

.

Nebulosas Difusas ou de Emissão:

São nuvens de gás e poeira, brilhantes e quentes, iluminadas pelas estrelas em seu interior. Brilham por si mesmas. A intensa luz ultravioleta (UV) emitida por algumas estrelas quentes e brilhantes excita os átomos do gás. Os átomos absorvem essa radiação e a reemitem em comprimento de onda mais longo, sensível à detecção pelo olho humano. Os átomos de hidrogênio, oxigênio e hélio cintilantes dão às nebulosas de emissão, suas cores características em fotografias: vermelha ou verde.

Exemplo:

M42 (NGC1976) – Nebulosa Difusa de Orion;

É um berçário de estrelas;

Distância: 1600 AL;

Magnitude: 3,7;

Constelação: Orion;

                                         

                                         imagem: celestronimages.com

 

 

Nebulosas Escuras ou de Absorção:

São concentrações de nuvens de poeira escura  que bloqueiam a luz das estrelas situadas atrás, a partir do nosso ponto de vista.

Exemplo:

Nebulosa Escura designada como Barnard59 (Pipe Nebula) na Constelação Ophiuchus;

Distância: 650 AL;

                                 

                                 imagemcelestronimages.com

 

 

.

Nebulosas de Reflexão:

São nuvens de poeira que simplesmente refletem a luz de uma ou mais estrelas vizinhas. Elas têm uma cor azulada em fotografias. Elas não são quentes o suficiente para provocar a ionizaçãono gás da nebulosa,como as nebulosas de emissão, mas são brilhantes o suficiente para tornarem o gás visível.

Exemplo:

Nebulosa de Reflexão designada como IC2118 (The Witch Head Nebula) na Constelação Eridanus:

                              

                              imagemcelestronimages.com

 

 

Nebulosa Planetária:

Envoltório de gás brilhante e poeira expelidos por uma estrela de médio porte (como o Sol) no final de sua vida;

Exemplo:

Nebulosa Planetária designada como M57 ou NGC6720 - Nebulosa do Anel (Ring Nebula) na Constelação Lyra;

Distância: 2300 AL;

Magnitude: 8.8;

                                                       

                                            imagem: apod.nasa.gov

 

 

.

Supernovas e Nebulosas Planetárias:

Morte de uma estrela: a estrela atinge a fase de Gigante Vermelha;

As camadas externas da Gigante Vermelha se expandem;

O núcleo se contrai;

Ocorre uma explosão, gerando uma “Supernova”, produzindo  um brilho milhões de vezes maior por algumas semanas. Depois transforma-se numa estrela “anã marrom”, gerando a seguir um envoltório de gás, conhecido como  “Nebulosa Planetária”.

O nome “Nebulosa Planetária” teve origem na suposta semelhança de aparência com planetas gigantes gasosos.

Desenvolvem papel importante na evolução química das galáxias, liberando material para o meio interestrelar.

 

Exemplo:

Nebulosa Planetária designada como NGC7662 na Constelação Andromeda;

Distância: 2.000 AL;

Magnitude: 9,0;

                                      

                                      imagecelestronimages.com

 

 

.

Remanescentes de Supernovas:

Remanescentes de Supernovas são materiais expelidos por uma estrela de grande massa no violento final da sua evolução. A matéria expelida formará a próxima geração de estrelas e planetas. 

 

Exemplo:

Supernova M1 ou NGC1952 - Nebulosa do Carangueijo (Crab Nebula) na Constelação de Taurus;

Distância: 6300 AL;

Magnitude: 8,0;

                                                    

                                                    imagem: arstechnica.com

Eclipse_lunar

Projeto de Observação do Eclipse ...
Projeto de Observação do Eclipse Lunar Total de 27 de Julho de 2018 no Lunissolar
Projeto de Observação do Eclipse Lunar Total de 27 de Julho de 2018 no Lunissolar Caros amigos, Acabamos de disponibilizar, em nosso portal de eclipses Lunissolar, uma versão temporária em inglês do projeto de ... Leia mais

Projeto de Observação do Eclipse Lunar Total de 27 de Julho de 2018 no Lunissolar ... Leia mais
09/10/2017
Sao

Blog "Sky and Observers" - outubro ...
Blog "Sky and Observers" - outubro 2017.
Caros(as) amigos(as), Neste mês estão publicados no Blog "Sky and Observers" os seguintes assuntos: - O asteroide (48) Doris em 2017! https://goo.gl/EM8s7M - O asteroide (42) Isis em 2017! https://goo.gl/iPTYu5 ... Leia mais

Caros(as) amigos(as), Neste mês estão publicados no Blog "Sky and ... Leia mais
01/10/2017
Boletim_observe

Boletim Observe! do mês de outubro ...
Boletim Observe! do mês de outubro de 2017.
O Boletim Observe! do mês de outubro de 2017 está disponível no endereço eletrônico abaixo: http://www.geocities.ws/costeira1/neoa/observe.pdf Leia a edição atual do Boletim Observe! Atenciosamente ... Leia mais

O Boletim Observe! do mês de outubro de 2017 está disponível no endereço ... Leia mais
01/10/2017
Telesc%c3%b3pio_icon3

Nelson Travnik: o astrônomo ...
Nelson Travnik: o astrônomo pioneiro!
Numa época em que tudo era difícil, veja abaixo o que o grande pioneiro da astronomia brasileira, Nelson Travnik, desenvolveu no Observatório Astronômico Flammarion, em Minas Gerais, nas décadas de 1950, 1960 e ... Leia mais

Numa época em que tudo era difícil, veja abaixo o que o grande pioneiro da astronomia ... Leia mais
01/10/2017