Usa Flag / English Version Bandeira do Brasil / Versão em Português
CURRENT MOON
Lua atual

Sobre Nebulosas

 

NEBULOSAS são nuvens de gás e poeira, geralmente encontradas nos braços espirais de uma galáxia.

As nebulosas são nuvens de hidrogênio, plasma (gás ionizado) e poeira. São constantemente regiões de formação estelar (berçário de estrelas).

 

Tipos de Nebulosas

- Nebulosas Difusas ou de Emissão;

- Nebulosas Escuras ou de Absorção;

- Nebulosas de Reflexão;

- Nebulosas Planetárias;

 

.

Nebulosas Difusas ou de Emissão:

São nuvens de gás e poeira, brilhantes e quentes, iluminadas pelas estrelas em seu interior. Brilham por si mesmas. A intensa luz ultravioleta (UV) emitida por algumas estrelas quentes e brilhantes excita os átomos do gás. Os átomos absorvem essa radiação e a reemitem em comprimento de onda mais longo, sensível à detecção pelo olho humano. Os átomos de hidrogênio, oxigênio e hélio cintilantes dão às nebulosas de emissão, suas cores características em fotografias: vermelha ou verde.

Exemplo:

M42 (NGC1976) – Nebulosa Difusa de Orion;

É um berçário de estrelas;

Distância: 1600 AL;

Magnitude: 3,7;

Constelação: Orion;

                                         

                                         imagem: celestronimages.com

 

 

Nebulosas Escuras ou de Absorção:

São concentrações de nuvens de poeira escura  que bloqueiam a luz das estrelas situadas atrás, a partir do nosso ponto de vista.

Exemplo:

Nebulosa Escura designada como Barnard59 (Pipe Nebula) na Constelação Ophiuchus;

Distância: 650 AL;

                                 

                                 imagemcelestronimages.com

 

 

.

Nebulosas de Reflexão:

São nuvens de poeira que simplesmente refletem a luz de uma ou mais estrelas vizinhas. Elas têm uma cor azulada em fotografias. Elas não são quentes o suficiente para provocar a ionizaçãono gás da nebulosa,como as nebulosas de emissão, mas são brilhantes o suficiente para tornarem o gás visível.

Exemplo:

Nebulosa de Reflexão designada como IC2118 (The Witch Head Nebula) na Constelação Eridanus:

                              

                              imagemcelestronimages.com

 

 

Nebulosa Planetária:

Envoltório de gás brilhante e poeira expelidos por uma estrela de médio porte (como o Sol) no final de sua vida;

Exemplo:

Nebulosa Planetária designada como M57 ou NGC6720 - Nebulosa do Anel (Ring Nebula) na Constelação Lyra;

Distância: 2300 AL;

Magnitude: 8.8;

                                                       

                                            imagem: apod.nasa.gov

 

 

.

Supernovas e Nebulosas Planetárias:

Morte de uma estrela: a estrela atinge a fase de Gigante Vermelha;

As camadas externas da Gigante Vermelha se expandem;

O núcleo se contrai;

Ocorre uma explosão, gerando uma “Supernova”, produzindo  um brilho milhões de vezes maior por algumas semanas. Depois transforma-se numa estrela “anã marrom”, gerando a seguir um envoltório de gás, conhecido como  “Nebulosa Planetária”.

O nome “Nebulosa Planetária” teve origem na suposta semelhança de aparência com planetas gigantes gasosos.

Desenvolvem papel importante na evolução química das galáxias, liberando material para o meio interestrelar.

 

Exemplo:

Nebulosa Planetária designada como NGC7662 na Constelação Andromeda;

Distância: 2.000 AL;

Magnitude: 9,0;

                                      

                                      imagecelestronimages.com

 

 

.

Remanescentes de Supernovas:

Remanescentes de Supernovas são materiais expelidos por uma estrela de grande massa no violento final da sua evolução. A matéria expelida formará a próxima geração de estrelas e planetas. 

 

Exemplo:

Supernova M1 ou NGC1952 - Nebulosa do Carangueijo (Crab Nebula) na Constelação de Taurus;

Distância: 6300 AL;

Magnitude: 8,0;

                                                    

                                                    imagem: arstechnica.com

Bramon2

Morador de Araruama, RJ, se dedica ...
Morador de Araruama, RJ, se dedica a registrar chuvas de meteoros.
Morador de Araruama, RJ, se dedica a observar o espaço. O referido astrônomo amador faz parte da rede BRAMON. A Brazilian Meteor Observation Network (BRAMON) é uma organização cuja missão é ... Leia mais

Morador de Araruama, RJ, se dedica a observar o espaço. O referido astrônomo amador ... Leia mais
19/04/2017
So2

Blog "Sky and Observers" de abril / ...
Blog "Sky and Observers" de abril / 2017.
Neste mês (abril / 2017) estão publicados no Blog "Sky and Observers" do nosso amigo Antônio Campos / CEAMIG, os seguintes assuntos: - A ocultação de Porrima pela Lua em 10 de abril 2017! - A ... Leia mais

Neste mês (abril / 2017) estão publicados no Blog "Sky and Observers" do ... Leia mais
01/04/2017
Boletim_observe

"Boletim Observe!" de abril de ...
"Boletim Observe!" de abril de 2017.
O "Boletim Observe!" do mês de abril de 2017 está disponível no endereço eletrônico abaixo: http://www.geocities.ws/costeira1/neoa/observe.pdf Leia a edição atual do ... Leia mais

O "Boletim Observe!" do mês de abril de 2017 está ... Leia mais
27/03/2017
Bo

Boletim Observe - março de 2017.
Boletim Observe - março de 2017.
O Boletim Observe! do mês de março de 2017 está disponível no endereço eletrônico abaixo: http://www.geocities.ws/costeira1/neoa/observe.pdf Leia a edição atual do Boletim Observe! ... Leia mais

O Boletim Observe! do mês de março de 2017 está disponível no ... Leia mais
02/03/2017