Usa Flag / English Version Bandeira do Brasil / Versão em Português
CURRENT MOON
Lua atual

Sobre Galáxias

 

Uma GALÁXIA é um grande grupamento de bilhões de estrelas e outros objetos astronômicos (nebulosas, aglomerados estelares, planetas, etc.), misturados com poeira e gás, unidos por forças gravitacionais e girando em torno de um centro de massa comum;
.
 
O brilho das estrelas ocorre por fusão nuclear – transformação de hidrogênio em hélio, acarretando liberação de energia;
.
 
¾  da massa de uma galáxia está na forma de poeira e gás, que são materiais provenientes do que restou de estrelas que já morreram;
.
 
Estes materiais formarão novas estrelas;
.
.
 
  
Nossa galáxia - a "VIA LACTEA" (Milk Way):
 
- Galáxia do tipo “espiral” achatada (forma de disco achatado), com braços formados por estrelas e nuvens de poeira;
 
- Seu centro fica na direção da constelação Sagittarius;
 
- A Via Lactea abriga a Terra, o nosso Sol e todas as estrelas que podemos ver no céu;
 
- Possui de 200 a 250 bilhões de estrelas (alguns cientistas falam em 400 bilhões , outros dizem entre 500 bilhões a 1 trilhão de estrelas);
 
- Diâmetro: de 100.000 AL a 120.000 AL;
 
- O Sol está posicionado de 27.000 AL a 30.000 AL do centro da galáxia. No centro da galáxia existe um buraco negro denominado "Sagitário A". Nosso Sol leva aproximadamente 230 milhões de anos para dar uma volta em torno desse buraco negro..
 
- Nossa galáxia possui massa de 1 a 2 trilhões de vezes a do Sol.
 
 
                                
                                imagem: dailymail.co.uk/sciencetech
 
- Quando olhamos ao longo do plano de seu disco, visualizamos densas nuvens repletas de estrelas, além de nuvens de poeira que obscurecem estrelas que estão posicionadas atrás;
.
 
- Quando olhamos para baixo ou para cima do plano da Via Lactea, vemos menos estrelas;
.
 
- As densas nuvens de estrelas do plano da nossa galáxia formam a faixa da Via Lactea que circunda o céu;
 
.
- O nome “Via Láctea”  refere-se à faixa no céu – razões históricas:
                  .... Gregos (a.C.)    –  caminho do leite;
                  .... Índio do Brasil  –  caminho da anta; 
 
            
            imagem: crystalinks.com
 
Faixa no céu: visão da galáxia de onde podemos ver (visão do plano da galáxia);
.
 
- O plano do Sistema Solar não é paralelo ao plano da nossa galáxia;
.
 
- O centro da Via Lactea possui uma enorme quantidade de velhas estrelas vermelhas e amarelas.
.
 
- Os braços espirais contém estrelas azuis mais novas e nuvens de poeira interestelar;
.
 
- Nossa galáxia está cercada por outras galáxias em todas as direções e distâncias;
.
 
- Assim como as estrelas se reúnem em grupos (galáxias), as galáxias se reúnem em grupos, conhecidos como “aglomerados de galáxias”;
.
 
- A Via Láctea e a galáxia de Andrômeda fazem parte de um “aglomerado de galáxias” que possui de 20 a 30 galáxias, conhecido como “Grupo Local”;
.
 
- “Aglomerados de Galáxias” se reúnem em grupos, conhecidos como “Super Aglomerados”, que se movem, afastando-se um dos outros, pois o universo encontra-se em expansão;
.
 
- “Super Aglomerado Local”: diâmetro 1500 vezes o diâmetro da Via Láctea. A nossa galáxia faz parte;
.
 
 
 
MORFOLOGIA DAS GALÁXIAS:
 
As galáxias são classificadas em 3 tipos, baseado em sua forma visual:
 .
ESPIRAIS;
ELÍPTICAS;
.
IRREGULARES;
 .
 
.
Exemplo de galáxia do tipo ESPIRAL:
- Galáxia designada M31 (NGC224) – “Andromeda Galaxy” (galáxia espiral mais próxima de nós);
- Constelação de Andromeda;
- Distância: 2.5 milhões AL;
- Magnitude: 3.4;
.
 
Este é o objeto mais distante que conseguimos enxergar a olho nu.
 
                       
                       imagem: dailymail.co.uk/sciencetech
.
          
  
Outro exemplo de galáxia ESPIRAL:
- Galáxia designada M51 – “Whirlpool Galaxy” (Galáxia do Redemoinho);
- Na constelação Canes Venatici
- Distância: 37 milhões de AL;
- Magnitude: 8.4;
 
                           
                           imagem: ast.cam.ac.uk
.
 
 
Exemplo de Galáxia ELÍPTICA:
- Galáxia designada M87;
- Distância: 60 milhões de AL;
- Constelação: Virgo (Virgem);
- Magnitude: 9,59;
  
        
 
         imagem: apod.nasa.gov
.
 
 
Exemplo de Galáxia IRREGULAR:
 - Galáxia designada Grande Nuvem de Magalhães (LMC – “Large Magellanic Cloud”);
- Constelação Dorado;
- Distância; 179 mil AL;
- Magnitude: 0.1;  
 
               
              imagem: mreclipse.com
.
 
 
QUASARES:
 
- galáxias em processo de formação;
 
- processo de formação de “Buracos Negros” no centro das galáxias;
 
- pontos de grande intensidade de radiação;
 
- objetos mais distantes já observados (aproximadamente 14.000.000.000 AL);
 
- 1 Quasar emite energia de centenas de galáxias juntas;
Bramon2

Morador de Araruama, RJ, se dedica ...
Morador de Araruama, RJ, se dedica a registrar chuvas de meteoros.
Morador de Araruama, RJ, se dedica a observar o espaço. O referido astrônomo amador faz parte da rede BRAMON. A Brazilian Meteor Observation Network (BRAMON) é uma organização cuja missão é ... Leia mais

Morador de Araruama, RJ, se dedica a observar o espaço. O referido astrônomo amador ... Leia mais
19/04/2017
So2

Blog "Sky and Observers" de abril / ...
Blog "Sky and Observers" de abril / 2017.
Neste mês (abril / 2017) estão publicados no Blog "Sky and Observers" do nosso amigo Antônio Campos / CEAMIG, os seguintes assuntos: - A ocultação de Porrima pela Lua em 10 de abril 2017! - A ... Leia mais

Neste mês (abril / 2017) estão publicados no Blog "Sky and Observers" do ... Leia mais
01/04/2017
Boletim_observe

"Boletim Observe!" de abril de ...
"Boletim Observe!" de abril de 2017.
O "Boletim Observe!" do mês de abril de 2017 está disponível no endereço eletrônico abaixo: http://www.geocities.ws/costeira1/neoa/observe.pdf Leia a edição atual do ... Leia mais

O "Boletim Observe!" do mês de abril de 2017 está ... Leia mais
27/03/2017
Bo

Boletim Observe - março de 2017.
Boletim Observe - março de 2017.
O Boletim Observe! do mês de março de 2017 está disponível no endereço eletrônico abaixo: http://www.geocities.ws/costeira1/neoa/observe.pdf Leia a edição atual do Boletim Observe! ... Leia mais

O Boletim Observe! do mês de março de 2017 está disponível no ... Leia mais
02/03/2017