Usa Flag / English Version Bandeira do Brasil / Versão em Português
CURRENT MOON
Lua atual

Sobre Marte

                                               

Marte, de todos os planetas do Sistema Solar, é o que mais se assemelha com a Terra, embora tenha apenas metade do tamanho. É o quarto planeta a partir do Sol e também o planeta rochoso com órbita mais exterior. É chamado de “planeta vermelho” por que o terreno e as rochas de sua superfície são formados com grande quantidade de óxido de ferro ou ferrugem. Foi assim batizado por causa do deus romano de guerra: “Marte”.

Como acontece em nosso planeta, Marte também tem camadas de gelo nos pólos e estações durante o ano. Ventos, enormes vulcões, tempestades de areia, dunas e montes também estão presentes.

Estão presentes na superfície cânions profundos, planícies salpicadas de pedras e poeira, além de formações semelhantes a leitos de rios secos.

Como Marte está mais afastado do Sol do que a Terra, sua superfície é fria, com temperaturas negativas durante a maior parte do tempo, apresentando média de -63ºC.

Sua atmosfera é constituída principalmente por dióxido de carbono e pequenas quantidades de nitrogênio, argônio, monóxido de carbono, oxigênio e vapor de água.

A presença de formações semelhantes a leitos de rios e estuários indicam que já houve grandes rios circulando sobre a superfície marciana. Apesar de nenhum humano ter pisado em Marte, o planeta vermelho já foi visitado por sondas, robôs e veículos espaciais que rodam em sua superfície, mas nenhum sinal de vida foi encontrado até hoje.

                 

Sua meteorologia apresenta nuvens, neblina, ventos fortes, tempestades de areia e céu vermelho. Possui as estações do ano bem definidas como na Terra, porém com invernos intensamente frios.

Grande parte do hemisfério norte de Marte é coberto por planícies vulcânicas baixas e relativamente lisas. A superfície no hemisfério sul apresenta muitas montanhas cobertas de crateras.

Na camada polar norte existe água em forma de gelo que se mantém durante o verão. Essa camada tem aproximadamente 1.100Km de comprimento. Já a camada polar sul, a parte congelada tem dióxido de carbono congelado e aproximadamente 420Km de comprimento.

O interior do planeta apresenta um espesso manto de rocha silicática sólida, que envolve um pequeno núcleo metálico, provavelmente de ferro. No passado o manto foi uma fonte de atividade vulcânica. Acima dele há uma crosta rochosa de apenas 10Km de profundidade, que forma a superfície.

As luas de Marte:

Marte possui 2 pequenos satélites. Acredita-se que esses corpos, que são escuros e rochosos, sejam asteróides que foram capturados pela gravidade de Marte nos anos iniciais de sua existência.

O maior satélite tem 26,8 Km de diâmetro e se chama Phobos.  Executa uma órbita a 9.380Km do planeta.

O segundo satélite chama-se Deimos e tem apenas 15Km de diâmetro e está numa órbita com distância aproximada de 23.500Km do planeta.

Os dois satélites executam órbitas quase circulares em torno do equador de Marte. Enquanto Phobos executa uma órbita inteira em torno de Marte,Deimos completa apenas um quarto de sua órbita. Phobos orbita Marte em 7h39m. Deimos completa uma órbita em 30h18m.

            

Alguns pontos notáveis na superfície de Marte:

Valles Marineris:

É um grande cânion com 4.000Km de comprimento e 8Km de profundidade;

Olympus Mons:

É o maior vulcão do Sistema Solar com quase 24Km de altura;

Montes Tharsis:

É a maior região vulcânica com 3.900Km de extensão e 14 Km de altura, que apresenta 12 grandes vulcões.

Arsia Mons:

Maior cratera em Montes Tharsis com 121 Km de diâmetro.

Tharsis Tholus:

Vulcão parcialmente enterrado com sua cratera apresentando 150Km de diâmetro.

Elysium Planitia:

Grande planície coberta de lava com 2.300Km de comprimento por 1.600Km de largura.

Cydonia Mensae:

Formação conhecida como “o rosto”. Formação natural que lembra um rosto gigantesco, com área de 3,5 Km por 1,6 Km. Foi registrada pela primeira vez numa foto da sonda americana Viking 1, tirada em 25/07/1976.

Dados sobre Marte:

 Diâmetro no equador:                                   

6.780Km (0,53 do diâmetro da Terra);

Inclinação do eixo:                            

25,2º C;

Massa:                                               

0,107 (Terra= 1);

Volume:                                            

0,151(Terra= 1);

Densidade média:                             

3,9g/cm3;

Gravidade:                                        

0,38 (Terra=1);

Número de Luas:                              

2 (Phobos e Deimos)

Distância média do Sol:                    

227,9 milhões de Km;

Maior distância do Sol (afélio):        

249,2 milhões de Km;                                  

Menor distância do Sol (periélio):    

206,6 milhões de Km;

Período orbital (ano em Marte):        

686,9 dias terrestres;

Período de rotação (dia em Marte): 

24,62 horas terrestres;

Velocidade média orbital:                

24,1 m/s;

Temperatura média na superfície:     

-63º C;

Maior temperatura da Superfície:     

25º C;

Menor temperatura da superfície:     

-140º C;

Eclipse_lunar

Projeto de Observação do Eclipse ...
Projeto de Observação do Eclipse Lunar Total de 27 de Julho de 2018 no Lunissolar
Projeto de Observação do Eclipse Lunar Total de 27 de Julho de 2018 no Lunissolar Caros amigos, Acabamos de disponibilizar, em nosso portal de eclipses Lunissolar, uma versão temporária em inglês do projeto de ... Leia mais

Projeto de Observação do Eclipse Lunar Total de 27 de Julho de 2018 no Lunissolar ... Leia mais
09/10/2017
Sao

Blog "Sky and Observers" - outubro ...
Blog "Sky and Observers" - outubro 2017.
Caros(as) amigos(as), Neste mês estão publicados no Blog "Sky and Observers" os seguintes assuntos: - O asteroide (48) Doris em 2017! https://goo.gl/EM8s7M - O asteroide (42) Isis em 2017! https://goo.gl/iPTYu5 ... Leia mais

Caros(as) amigos(as), Neste mês estão publicados no Blog "Sky and ... Leia mais
01/10/2017
Boletim_observe

Boletim Observe! do mês de outubro ...
Boletim Observe! do mês de outubro de 2017.
O Boletim Observe! do mês de outubro de 2017 está disponível no endereço eletrônico abaixo: http://www.geocities.ws/costeira1/neoa/observe.pdf Leia a edição atual do Boletim Observe! Atenciosamente ... Leia mais

O Boletim Observe! do mês de outubro de 2017 está disponível no endereço ... Leia mais
01/10/2017
Telesc%c3%b3pio_icon3

Nelson Travnik: o astrônomo ...
Nelson Travnik: o astrônomo pioneiro!
Numa época em que tudo era difícil, veja abaixo o que o grande pioneiro da astronomia brasileira, Nelson Travnik, desenvolveu no Observatório Astronômico Flammarion, em Minas Gerais, nas décadas de 1950, 1960 e ... Leia mais

Numa época em que tudo era difícil, veja abaixo o que o grande pioneiro da astronomia ... Leia mais
01/10/2017