Usa Flag / English Version Bandeira do Brasil / Versão em Português
CURRENT MOON
Lua atual
Crateras ARISTOTELES e EUDOXUS.
(créditos: Vaz Tolentino.)

Informações sobre a Foto

Crateras ARISTOTELES e EUDOXUS.

(créditos: Vaz Tolentino.)

Cratera ARISTOTELES:

Diâmetro: 87 Km;

Profundidade: 4,3 Km

Coordenadas Selenográficas: LAT: 50° 12′ 00″ N, LON: 17° 24′ 00″ E.

Período Geológico Lunar: Eratosteniano (Eratosthenian): 3,2 bilhões até 1,1 bilhão de anos atrás.

Melhor período de observação: 6 dias após a Lua nova ou 5 dias após a Lua cheia.

Quem foi Aristóteles? Astrônomo e filósofo grego (383 aC – 322 aC). Aristóteles foi aluno de Platão e professor do conquistador Alexandre, o “Grande”. Juntamente com Platão e Sócrates (professor de Platão) foi fundador da “filosofia ocidental” (pensamento voltado à contemplação especulativa do mundo).

Foto: Lua cheia apresentando a abrangência da foto de ARISTOTELES e EUDOXUS que será mostrada adiante. Os perfis altimétricos N – S das duas crateras também são mostrados  Foto por VTOL e perfil por NASA / LRO QuickMap.

ARISTOTELES é uma bela cratera de impacto de morfologia complexa, relativamente nova, que faz um destacado par com a cratera EUDOXUS.

ARISTOTELES é a maior cratera do Mare FRIGORIS. Ela está localizada no quadrante nordeste da Lua, na margem sul desse mar de lavas escuras com formato longitudinal. Encontra-se a cerca de 150 Km a leste do Vallis ALPES.

O massivo impacto que escavou ARISTOTELES, ejetou grande quantidade de escombros que alteraram a paisagem ao redor da cratera. Na superfície externa no entorno de ARISTOTELES, inclusive por sobre as lavas escuras do Mare FRIGORIS, estão bem visíveis longas estrias radiais e pequenas crateras secundárias causadas por materiais ejetados.

As bordas de ARISTOTELES não fazem um círculo perfeito e possuem um aspecto poligonal. Os restos dos desmoronamentos e deslizamentos das partes internas de suas paredes contribuíram para o desaparecimento dos detalhes originais de seu interior. As paredes internas são largas e estruturadas em terraços, como grandes degraus ou curvas de nível.

Seu piso interno é irregular, um pouco áspero e ondulado, não existindo um monte central e sim dois picos minúsculos e baixos, fora do centro do piso. Provavelmente, motivado por espesso depósito de material derretido no impacto e não por vulcanismo (lava basáltica fluindo por rachaduras no fundo da cratera), o piso de ARISTOTELES tenha ficado mais raso do que deveria ser.

Uma cratera menor conhecida como MITCHELL (diâmetro: 30 Km, profundidade: 1,04 Km, LAT: 49.7o N  LON: 20.2o E) está ligada à parede leste de ARISTOTELES, sendo que um pedaço da borda de MITCHELL foi adentrada por ARISTOTELES. Isso indica que a presença de MITCHELL é anterior a de ARISTOTELES. O resultado desses impactos foi um desenho parecido com uma espécie de anel de pedra preciosa.

Normalmente, de acordo com a lógica da cronologia lunar (e do Sistema Solar), é mais comum encontrar pequenas crateras hospedadas nos pisos das maiores. Porém,um fato interessante sobre a cratera ARISTOTELES, é que seu impacto atingiu parte da cratera MITCHELL, que possui menor diâmetro e já estava lá. Esse caso é incomum. Geralmente, as grandes crateras se formaram mais cedo na história lunar, para depois se tornarem menos frequentes com o tempo.

Foto: O belo par de crateras ARISTOTELES e EUDOXUS. A leste vê-se o Lacus MORTIS e, em seu interior, a cratera BÜRG. Foto executada por VTOL em ‎22‎ de ‎fevereiro‎ de ‎2011, ‏‎02:31:08.

 

Cratera EUDOXUS:

Diâmetro: 67 Km;

Profundidade: 4,5 Km

Coordenadas Selenográficas: LAT: 44° 18′ 00″ N, LON: 16° 18′ 00″ E.

Período Geológico Lunar: Copernicano (Copernican): 1,1 bilhão de anos atrás até os dias atuais.

Melhor período de observação: 6 dias após a Lua nova ou 5 dias depois da Lua cheia.

Quem foi Eudoxus? Astrônomo e matemático grego (408 aC – 355 aC). Como astrônomo, Eudoxus foi o primeiro a propor um modelo planetário baseado num modelo matemático. Como matemático, usou o “método da exaustão” (método para se encontrar a área de uma figura inscrevendo-se dentro dela uma sequência de polígonos cuja soma das áreas converge para a área da figura desejada) para calcular áreas e volumes.

Ao sul de ARISTOTELES e fora do Mare FRIGORIS encontra-se a cratera de impacto de morfologia complexa conhecida como EUDOXUS. Ela tem diâmetro menor que ARISTOTELES, porém é um pouco mais profunda, apresentando 4,5 Km. As paredes internas de EUDOXUS também apresentam terraços e existe um grupamento de minúsculas colinas na região central de seu piso ondulado.

EUDOXUS está cercada por superfícies de media altitude, que compõem a parte norte dos Montes CAUCASUS. Ao sul de EUDOXUS estão localizadas as ruínas da cratera fantasma ALEXANDER, completamente destruída e inundada por lava.

Foto executada com apenas 1 frame em 0‎5‎ de ‎maio‎ de ‎2018, ‏‎01:59:20 (04:59:20 UT).

Explos%c3%a3o_meteoro

NASA detecta intensa explosão de ...
NASA detecta intensa explosão de meteorito na atmosfera da Terra.
NASA detecta intensa explosão de meteorito na atmosfera da Terra. (Enviado por Haroldo Porto - Macaé / RJ - Geógrafo - Especialista em Georreferenciamento de Imóveis Rurais). Este caso é o segundo mais forte em ... Leia mais

NASA detecta intensa explosão de meteorito na atmosfera da Terra. (Enviado por Haroldo ... Leia mais
20/03/2019
So2

Blog "Sky and Observers" - março / ...
Blog "Sky and Observers" - março / 2019.
Olá pessoal! Neste mês (março/2019) estão publicados no Blog "Sky and Observers" os seguintes assuntos: Ocultação: A ocultação de Saturno pela Lua em 29 de março 2019 ... Leia mais

Olá pessoal! Neste mês (março/2019) estão publicados no Blog ... Leia mais
05/03/2019
Bo

Boletim Observe! do mês de março ...
Boletim Observe! do mês de março de 2019.
Nobres colegas: O Boletim Observe! do mês de março de 2019 está disponível no endereço eletrônico mencionado a seguir: http://www.geocities.ws/costeira1/neoa/observe.pdf Leia a edição ... Leia mais

Nobres colegas: O Boletim Observe! do mês de março de 2019 está ... Leia mais
05/03/2019
Apollo_11_landing_s%e2%81%abite

Reveja a bela imagem do local de ...
Reveja a bela imagem do local de alunissagem da missão APOLLO 11, feita pela sonda lunar americana LRO.
A Câmera da sonda lunar robótica americana Lunar Reconnaissance Orbiter (LRO) tirou seu melhor visual do local de pouso da APOLLO 11 na Lua. A imagem, que foi lançada em 7 de março de 2012, mostra até mesmo os ... Leia mais

A Câmera da sonda lunar robótica americana Lunar Reconnaissance Orbiter (LRO) tirou ... Leia mais
16/02/2019